Em pronunciamento na sessão desta quinta-feira (21), na Assembleia Legislativa, a deputada estadual Cristiane Dantas (Solidariedade) levou a plenário a denúncia feita em redes sociais, pela estudante Eva Luana, de 21 anos, natural de Camaçari, na Bahia. Vivendo sob proteção da Justiça, Eva tornou público que durante anos seu padrasto abusou de sua mãe.

“Ela era agredida com chutes, joelhadas, objetos. Era abusada sexualmente de todas as formas possíveis”, relatou Cristiane Dantas, sobre as postagens de Eva Luana nas redes sociais, ressaltando que a garota também foi abusada pelo padrasto. “Existem muitas Evas”, ressaltou a deputada, que apresentou requerimento pedindo a reativação da Delegacia de Atendimento a Mulher do município de Caicó, desativada desde 2017 após um incêndio.